A Justiça decretou a prisão preventiva dos donos da autoescola Classic, na Cidade Industrial. Pablo Marcondes, 28 anos, a esposa Fernanda Macedo, 29 anos, e o pai dele Marcio Antônio Marcondes, 53, foram indiciados por estelionato e estão foragidos. Segundo o delegado Gerson Alves Machado, do 11.º Distrito Policial (CIC), os três são suspeitos de lesar mais de 190 pessoas, causando prejuízo de R$ 100 mil.

A autoescola foi fechada pelo Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) em 7 de julho, por operar com um veículo e um instrutor sem credenciamento. Segundo o delegado, os proprietários se comprometeram, por meio de seu advogado, a ressarcir as vítimas, o que não aconteceu.

Buscas

Com o fim das investigações, o juiz da Vara de Inquéritos Policiais decretou as prisões preventivas em 27 de agosto. A polícia descobriu que eles estavam escondidos em Palhoça (SC), mas quando os investigadores chegaram à cidade, os suspeitos haviam fugido. Por essa razão, o delegado pede a quem souber do paradeiro do trio que entre em contato com a delegacia pelo telefone 3347-1122.