Por causa dos problemas estruturais que levaram a delegacia de Fazenda Rio Grande acumular cerca de 5 mil inquéritos atrasados, o delegado-geral da Polícia Civil, Riad Braga Farhat, determinou, no mês passado, que três equipes, cada uma composta por delegado, dois investigadores e um escrivão, fossem enviadas para a cidade. Alguns dos inquéritos atrasados são de 2010. Segundos policiais desta força-tarefa, até ontem, parte dos inquéritos já estava resolvida. A meta é deixar a delegacia saneada até fim de julho, mas eles temem que o problema volte a acontecer. Esta foi à única delegacia do Paraná a fazer parte de um programa emergencial como este.

Superlotação

“São cerca de 10 policiais lotados na delegacia. Porém, eles precisam cuidar de 84 presos, que estão em celas com capacidade para 16. Não foi difícil identificar o motivo de tanto inquérito atrasado. Eles passam o dia todo abrindo e fechando a carceragem, assim fica impossível fazer o trabalho de polícia”, alegou um dos policiais da força-tarefa, que preferiu não ter o nome divulgado.

Há cerca de 15 dias, os presos fizeram um túnel de sete metros, com saída para o pátio e só não conseguiram fugir porque os dois policiais de plantão perceberam a movimentação pelas câmeras de segurança e chamaram reforço da Polícia Militar. “A carceragem está fétida. O prédio da delegacia tem mais de 20 anos e nunca passou por reformas, apenas remendos”, afirmou o policial.

Diárias

Além da preocupação com o estado da delegacia, os policiais da força-tarefa alegaram que não estão recebendo as diárias, previstas por lei para todo servidor público que sai para prestar serviço fora de sua região. “Foram prometidos R$ 57 por dia, para despesas com alimentação, mas após um mês, não recebemos nada e estamos comendo com nossos próprios recursos”, reclamou um dos investigadores.

O delegado Riad respondeu, por meio da assessoria da Polícia Civil, que as diárias estão atrasadas, mas que o valor retroativo deverá ser pago nos próximos dias. O informe ressalta que os polícias tem transporte até Fazenda Rio Grande feito em viaturas e que falta apenas o valor acordado para alimentação. A média de salário dos policiais vai de R$ 5 mil à R$ 9 mil.