Jackson Ribas de Camargo, 26 anos, foi assassinado a tiros na Rua Realeza, Sítio Cercado, às 20h30 de quinta-feira. Segundo testemunhas, a vítima foi vista conversando com dois homens – um deles seu assassino – por cerca de 15 minutos, antes dos disparos. A mulher do rapaz informou aos investigadores da Delegacia de Homicídios que o casal morava há pouco tempo no Sítio Cercado, pois veio da Lapa. O motivo do crime ela não soube precisar. A vítima foi identificada no local com o nome de Cláudio dos Santos. Pelas informações, Jackson utilizava nome falso devido a complicações no passado. Na delegacia foi levantado que o casal já havia sido preso em flagrante em 15 de julho deste ano, por posse de maconha.

Mais um

Poucos minutos após ser internado em estado grave no Hospital do Trabalhador, Anderson Maurício Santos Quiruba, 24 anos, morreu às 22h40 de quinta-feira. A vítima foi baleada e agredida na Rua Adrianópolis, Sítio Cercado. Segundo o superintendente Miguel Gumiero, da Delegacia de Homicídios, foi apurado que Anderson saiu de sua casa, por volta das 21h, para encontrar uma mulher que seria sua nova "paquera". Algum tempo depois, a irmã dele foi avisada de que o jovem estava caído na rua, ferido.