Um duelo travado dentro de um bar, matou o vigilante Pedro Rodrigues dos Santos, 54 anos, e deixou o proprietário João Pereira de Cristo, 47 – conhecido como “João Coragem” -, gravemente ferido. O tiroteio aconteceu por volta das 18 horas, na Travessa São José, esquina com a Rua João Batista Vera, Jardim Primavera, Piraquara.

Segundo as informações de policiais militares do 17.º Batalhão, a confusão teria começado quando Pedro chegou embriagado no estabelecimento. Lá, o vigilante e o proprietário do bar discutiram e Pedro foi até sua casa pegar um revólver. Ao retornar, atirou contra João, atingindo-o na barriga. Ao tentar atirar pela segunda vez, a arma teria falhado e o proprietário do bar, mesmo ferido, aproveitou para pegar sua arma e atirar contra o vigilante. Pedro foi baleado com dois tiros no peito e levado, pelo irmão do dono do mercado onde trabalha, ao Hospital Cajuru, onde morreu. João, que também foi encaminhado por terceiros ao mesmo hospital, continua internado em estado grave. A delegacia de Piraquara investiga o que teria motivado a briga.