Dois rapazes, que aparentavam ter entre 16 e 18 anos, aterrorizaram funcionários e familiares dos proprietários de uma funerária em Almirante Tamandaré na noite de quinta-feira (23). Eles fugiram carregando nos braços uma televisão de 42 polegadas, dinheiro, celulares e jóias.

Por volta das 20h, um cliente efetuou o pagamento pelo funeral de um parente e saiu para comprar cigarros, enquanto a gerente finalizava o preenchimento do cadastro. Ele viu um garoto entrar na funerária, olhar e sair, mas não pensou que poderia se tratar de um assaltante e seguiu o caminho até a banca da esquina, perto do terminal de ônibus.

Minutos depois, quando a gerente estava sozinha, o garoto retornou com um comparsa que aparentava ter a mesma idade. Com arma em punho, os dois pegaram o dinheiro dado pelo cliente, celulares, e arrastaram a gerente para o andar superior. “Eles me disseram que se alguém tentasse qualquer coisa contra eles, eu iria morrer primeiro. Chutaram os caixões, quebraram objetos. Estavam muito agressivos”, conta Clotilde Medeiros.

Os adolescentes invadiram dois apartamentos que ficam no andar superior da funerária e renderam o proprietário, outra funcionária, a esposa e seu filho de apenas dois anos. Todos, inclusive a criança, foram agredidos e ameaçados. Depois de quase meia hora de terror, os dois assaltantes fugiram pela porta dos fundos com mais uma nécessaire que continha jóias e uma televisão de 42 polegadas.

Quando o cliente retornou à funerária depois de comprar os cigarros e fumar, os assaltantes já haviam fugido. As pessoas que foram rendidas estavam trancadas em uma suíte e gritavam pela janela, pedindo ajuda à quem passasse na rua. A Polícia Militar foi acionada, mas não conseguiu localizar os assaltantes.

Veja na galeria de fotos a funerária.