Quando saíam de uma revenda de telefones celulares, em Fazenda Rio Grande, deixando vítimas trancadas no banheiro e carregando 14 telefones e cerca de R$ 860,00 em dinheiro, Bruno de Jesus, 19 anos, e um adolescente – de 16 -, foram surpreendidos por policiais militares e civis e por guardas municipais daquele município. Bruno foi preso, mas o menor conseguiu escapar.

O delegado Germino Marques Bonfim Filho informou que já apurou onde o menor reside e solicitou à família do suspeito que ele o apresentasse. Como isso não ocorreu, irá solicitar a apreensão do assaltante à Justiça.

Roubo

Às 18h30 de segunda-feira, dois indivíduos invadiram a loja, na Rua César Careli, no bairro Pioneiros. Bruno estava armado com um revólver calibre 38 e rendeu os funcionários e clientes. Em seguida, seu comparsa invadiu o local e abaixou a porta. Depois, Jackson apanhou todo o dinheiro do caixa e arrecadou os celulares. “Durante o roubo, o dono da loja conseguiu avisar a PM através de um dos celulares, sem os bandidos perceberem”, relatou o delegado.

Ele disse que os marginais ainda trancaram as vítimas no banheiro, mas quando saíram pela porta, tiveram uma surpresa: policiais militares, civis e guardas municipais já estavam do lado de fora de prontidão. Mesmo assim, os marginais não se entregaram. Eles entraram em um banco, depois saíram, a pedido da polícia, mas invadiram um prédio em construção. Bruno pulou muro e, para seu azar, caiu nas mãos de duas guardas municipais. O menor conseguiu escapar, saltando do segundo andar de um prédio em construção.