Dois homens foram presos e 6,6 quilos de crack apreendidos, no final da tarde de quarta-feira, por policiais da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), Núcleo da Região Metropolitana.

Gilmar Dias, 33 anos, e Alex Sandro Mariano Pereira, 20, foram surpreendidos na BR-277, entrada de Curitiba e a droga, que estava escondida no tanque de combustível, seria distribuída na capital e em Balneário Camboriú (SC). A droga poderia ser dividida em mais de 20 mil pedras para venda.

Segundo o delegado Kleudson Tavares, os dois estavam no Gol placa MGB-0069, e além da droga, portavam três notas falsas de R$ 50. Também foram apreendidos três celulares e uma câmera fotográfica.

“Eles eram investigados há mais de três semanas. Recebemos a informação que uma carga grande de droga, comprada em Foz, seria trazida para ser distribuída na região metropolitana e no litoral catarinense”, disse o delegado. “Além de responder por tráfico de drogas, eles serão autuados também por estelionato, pela falsificação das notas de R$ 50.”

Contrato

Os dois presos disseram para a polícia que foram contratados apenas para fazer o transporte da droga e o carro era do homem que os contratou. “Vamos continuar trabalhando para chegar até os outros integrantes do grupo. Temos certeza que tem a pessoa que mandou a droga e também alguém que receberia”, afirmou o delegado. A droga e o dinheiro falso foram encaminhados para perícia. Após prestar depoimentos, os presos foram removidos para o Centro de Triagem II em Piraquara.