Quase dois meses depois de balear um policial militar e roubar uma moto Biz em frente a um banco, Fernando Gomes Lourenço, e Jeferson dos Santos Lima, ambos de 21 anos, foram presos por policiais militares do Grupo Tático Velado (GTV) do Comando de Policiamento da Capital (CPC). Os dois confessaram o crime e foram encaminhados para a Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), onde foram reconhecidos pela vítima e autuados.

O assalto aconteceu em 20 de junho, no Jardim Paranaense, quando os dois abordaram o policial, lotado no 20.º Batalhão. Antes de fugir, Fernando deu dois tiros, um deles acertou as costas da vítima. “O projétil acertou a espinha dorsal e está alojada no pulmão. Ele ainda está em fase de recuperação”, explicou o policial que fez a prisão.

Vítimas

A moto foi abandonada alguns dias depois no Boqueirão, e os policiais começaram a monitorar a área. Fernando foi preso na Rua Élcio Manoel Ribeiro, e Jeferson, em uma lan house da região. “Se alguém foi vítima deles, deve procurar a DFR e formalizar o reconhecimento”, completou o policial. O telefone da DFR é 3218-6100.