Um educador social, que trabalhou numa creche da prefeitura, foi preso por abusar sexualmente de uma garota de 4 anos. Paulo Sérgio Pereira dos Santos, 43 anos, foi condenado a 10 anos e 6 meses de prisão pelo crime, praticado no ano passado, no Centro Municipal de Educação Infantil da Vila Osternack, Sítio Cercado.

De acordo com o policial Henrique, da Delegacia de Vigilância e Capturas (DVC), Paulo foi flagrado por uma colega de trabalho. “Ele estava em uma das salas da creche, com as calças arriadas, tentando introduzir seu órgão genital na criança, que estava seminua”, descreveu Henrique. O suspeito foi denunciado e afastado do trabalho. Em dezembro do ano passado, foi demitido.

Operação

Com o julgamento e a condenação de Paulo, a Justiça decretou sua prisão, que foi cumprida por volta das 11h de ontem. O acusado foi encontrado na casa da mãe, na Rua Jundiaí do Sul, na Vila Osternack.

O pedófilo foi encaminhado ao Centro de Triagem II, em Piraquara, onde começará a cumprir a pena. Paulo foi o 19.º preso da Operação 213, que busca condenados por pedofilia.