A polícia de São José dos Pinhais elucidou o duplo homicídio que vitimou pai e filho, em Tijucas do Sul, na tarde de sábado. O autor do crime, o mecânico Hélio Assis Cordeiro da Cruz, 20 anos, se apresentou na delegacia e confessou os assassinatos. O motivo seria a dívida de R$ 160, referente ao aluguel da casa onde as vítimas moravam. Hélio foi indiciado em inquérito policial e, após ser ouvido, foi liberado.

O delegado Osmar Dechiche, da DP de São José dos Pinhais, informou que o pai, Paulo Augustinho Franco, 38, e o filho, Jurandir Augustinho Franco, 19, deviam dois meses de aluguel.

“Durante a semana, Hélio solicitou que Paulo entregasse a casa e avisou que retornaria no sábado para receber os aluguéis atrasados”, contou o delegado. No sábado, quando Hélio foi cobrar o pagamento e pediu a casa, os inquilinos discutiram.

Em seu depoimento, o mecânico afirmou que teria sido atacado pelo pai e, depois, pelo filho, cada um com uma faca. Porém, na briga, Hélio teria conseguido tomar as armas e golpeado os dois.