Mais um indivíduo – que não portava documentos de identificação – morreu em confronto com policiais militares durante a madrugada de ontem. Foi a terceira morte ocorrida nesta semana em tiroteios travados entre marginais e policiais. Os outros dois casos aconteceram durante a madrugada de terça-feira em Fazenda Rio Grande e São José dos Pinhais.

De acordo com informações da Sala de Imprensa da PM, uma viatura do Regimento da Polícia Montada (RPMont) estava realizando patrulhamento pela Vila União, Uberaba, quando deparou com um jovem pilotando a motocicleta Honda Bizz, cor azul, sem placa. Os policiais se aproximaram da moto para tentar uma abordagem, mas o condutor acelerou o veículo e disparou um tiro contra a viatura. O "desconhecido" conseguiu escapar, mas os PMs solicitaram reforços e um cerco policial foi montado. Por volta das 3h, ele foi encontrado e não tendo como fugir, abandonou a motocicleta e saiu correndo. Ele novamente atirou contra os policiais, que dessa vez revidaram. A vítima foi alvejada na Rua Alagoas, na Vila União, e encaminhada ao Hospital Cajuru pela própria polícia. Entretanto, não resistiu à gravidade do ferimento e morreu antes de dar entrada no centro médico. O corpo foi encaminhado ao IML, onde aguarda identificação. Ele tinha aproximadamente 18 anos, 1,71m de altura e cor branca. Vestia blusa de moleton laranja e camiseta pólo branca.

A vítima portava um revólver calibre 38, numeração lixada e com cinco cápsulas deflagradas. A arma foi recolhida pelos PMs. Segundo levantamentos preliminares realizados pela Polícia Militar, a motocicleta conduzida pelo desconhecido havia sido roubada em São José dos Pinhais, no último dia 7 de maio, por dois homens. A motocicleta foi encaminhada à Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos.