Ao ver um casal que brigava no meio da rua na manhã dessa quinta-feira (19), no bairro Portão, a equipe da Guarda Municipal foi interferir. A mulher correu para o lado dos guardas, e o homem saiu correndo. Angela Regiane Guimarães, 38 anos, mostrou que tinha levado uma facada na perna e tinha ferimentos nos braços. O marido dela foi capturado e levado à Delegacia da Mulher.

Segundo o guarda municipal Valmir Cordeiro, o casal brigava na Rua Felinto Bento Vianna, por volta das 9h30. “Ele tentou jogar um tijolo nela, mas errou”, contou Valmir. A mulher mostrou aos guardas o corte na perna, que o marido teria feito com uma faca, e as escoriações nos braços. Ela informou onde ficava a casa dos dois, no mesmo bairro, e a equipe encontrou Alisson Roger de Oliveira Lopes, 25, em frente à residência. Ele disse que a esposa tinha o agredido primeiro e mostrou arranhões no pescoço.

A mulher foi levada à unidade de saúde, onde levou seis pontos. Ela contou aos guardas que a briga começou na noite anterior. Angela queria que o marido fosse embora de casa. Conforme Valmir, os dois são usuários de drogas e bebem com frequência. Eles tiveram dois gêmeos, que foram retirados do casal pelo Conselho Tutelar. “Ela mostrou uma marca da barriga, que seria de uma facada que o marido deu quando estava grávida, mas ela não denunciou”, disse Valmir. O homem foi encaminhado à Delegacia da Mulher, onde deve ser autuado pelo crime.