Em pouco mais de um mês, a Polícia Civil de Cambé, com o auxílio do serviço reservado da Polícia Militar, desvendou seis homicídios ocorridos na região entre os dias 13 de junho e 20 deste mês. Onze pessoas foram identificadas e responsabilizadas pelos assassinatos, das quais quatro são adolescentes. Seis dos identificados foram presos – mandados de prisão temporária, vigentes por 30 dias. Com o desenrolar e conclusão dos inquéritos, o delegado Valdir Abrahão da Silva, titular da delegacia local, pretende solicitar à Justiça que as prisões temporárias sejam transformadas em preventivas.

Cambé possui 110 mil habitantes, e fica ?colada? à região de Londrina, onde o delegado contabiliza alta violência. Silva revela que, em 2004, Cambé registrou 37 homicídios; e em 2005, 36. Já em 2006, entre janeiro e maio, os crimes haviam diminuído – 11 assassinatos. Porém entre junho e julho, seis crimes ocorreram na região.

Segundo o delegado, não há explicação ou motivo para esta ?explosão de crimes? neste período. Ele acredita que a maioria está relacionada ao comércio de drogas. E ressalta que ?o trabalho da Polícia Civil foi feito; 100% dos crimes ocorridos nestes 37 dias estão solucionados?.