A estudante Wevellyn Duarte Santos, 17 anos, foi executada com um tiro à queima-roupa na nuca, na noite de segunda-feira. O crime foi em frente à casa dela, na Rua dos Pardais, Jardim Cláudia, em Pinhais, por volta das 22h.

Segundo familiares da jovem contaram ao soldado Andrade, do 17.´ Batalhão da Polícia Militar, mesmo com a forte chuva, Wevellyn estava parada no portão de casa. Há informações de que a garota estava conversando com amigos na frente de casa.