Pouco mais de duas horas depois de roubar um carro na Rua Três Marias, São Braz, o estudante de direito Júlio César Freitas Trancoso Guiselini, 20 anos, foi preso em flagrante por investigadores da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV). Ele contou que entregaria o carro por R$ 500,00.

De acordo com o delegado Anderson Ormeni, um Honda Civic foi roubado por volta de 8h30 de quarta-feira e, quando os investigadores receberam o alerta, iniciaram buscas na região e localizaram o veículo, estacionado na Rua Edemar Ernsen, Campo Comprido.

“Ficamos esperando que o assaltante voltasse para buscar o carro. Quando ele chegou perto do veículo, desligou o alarme e estava se preparando para sair, foi feita a abordagem”, contou o delegado.

Reconhecido

De acordo com a polícia, a vítima reconheceu Júlio como o assaltante e disse que foi rendida com uma arma. O suspeito não estava armado quando foi preso. Ele contou que havia sido contratado para levar o carro até um posto de combustíveis da Cidade Industrial. “Achei estranho, mas estava precisando de dinheiro. Meu sonho, e da minha família é que eu seja advogado. Comecei estudar este ano”, contou o rapaz.