Marcelo de Oliveira, 25 anos, ex-estagiário de polícia da delegacia do Alto Maracanã, em Colombo, foi ferido com quatro tiros na madrugada de ontem, depois de ter sido sequestrado, quando comia um cachorro-quente no bairro.

Os dois homens que participaram da tentativa de homicídio foram presos pouco tempo depois pela Polícia Militar. Segundo testemunhas, Marcelo foi abordado pelos dois marginais, que estavam em um Chevette.

O rapaz foi rendido, colocado no carro e levado até um matagal no bairro São Dimas, onde foi jogado para fora e baleado. A vítima foi ferida com dois tiros na mão, um no braço e um na virilha.

Sangrando

Os bandidos foram embora, supostamente suspeitando que ele estivesse morto, no entanto, se arrastando e sangrando muito, conseguiu ir até uma casa próxima e pedir ajuda.

Os socorristas do Siate chegaram rapidamente no local e o encaminharam ao Hospital Evangélico. Pouco tempo depois, com as características dos suspeitos, os policiais militares conseguiram detê-los, e aprender o Chevette usado no crime.

Suspeitos do crime, Sidnei dos Santos Siqueira, 26 anos, e Vitor Eduardo da Silva, 24, foram encaminhados para a delegacia e permanecem presos. A polícia investiga o motivo por que Marcelo sofreu o atentado, principalmente se o crime está relacionado com a função que ele exerceu na polícia.