Dois homens “conhecidos” da polícia foram baleados em situações distintas na tarde de ontem. Um deles morreu e o outro está internado em estado grave. O primeiro caso aconteceu na Estrada da Colônia Cristina, em Araucária, por volta de 14h30, quando Jorge Luiz Rodrigues Floriano, 49 anos, foi ferido com seis tiros, cinco na cabeça e um no peito.

Ele foi socorrido pelo Siate e morreu antes de chegar no Pronto Atendimento do NIS III. Segundo o delegado Rubens Recalcatti, testemunhas disseram que o rapaz era passageiro de um Chevette verde.

Ele estava acompanhado de três homens que o agrediram e atiraram várias vezes. “Jorge esteve preso na Delegacia de Furtos e Roubos e foi trazido até um local ermo para ser assassinado. Estamos trabalhando para identificar as placas deste veículo e chegar até os assassinos”, explicou o delegado.

Alvará

O outro caso aconteceu na Rua Rio Japurá, no Bairro Alto, por volta das 15h. Com o alvará de soltura no bolso, emitido há 10 dias, Marcos Rogério Ferreira de Lara, 28 anos, foi ferido com um tiro na boca.

Uma viatura do 20.º Batalhão da Polícia Militar, que estava nas proximidades, o encaminhou ao Hospital Cajuru. No local, os policiais encontraram um revólver calibre 32, que foi abandonado pelo autor do tiro.