Com dois tiros na cabeça, o auxiliar de serviços gerais Gredison Lauro Prodossimo, 24 anos, foi morto, por volta das 21h30 de domingo, na Rua Wilson Gomes Ramos, no Abranches, próximo do acesso à Rodovia dos Minérios. A moto da vítima estava estacionada próximo de onde ocorreu o homicídio.

Segundo testemunhas, o rapaz, que era funcionário de um hospital em Curitiba, passou a tarde de domingo com alguns amigos e, quando voltava para casa, em Almirante Tamandaré, foi abordado pelo criminoso.

Conversa

O tenente Cavalli, do 20.º Batalhão da Polícia Militar, disse que Gredison não tinha passagens pela polícia e os familiares comentaram que ele era tranqüilo, trabalhador e não tinha inimigos.

“Pelas informações que recebemos, ele estava parado no local, conversando com um homem”, explicou o tenente. A Delegacia de Homicídios tenta identificar essa pessoa, que é considerada suspeita do crime.