Valdivino Chagas, 40 anos, foi assassinado com cinco tiros, por volta de 2h de ontem, dentro do Astra que ele dirigia. Ferido, ele perdeu o controle do carro e bateu em poste.

O crime aconteceu na Rua Professor Antônio Rodrigues Dias, no bairro Cachoeira, em Almirante Tamandaré. Segundo testemunhas, duas pessoas que estavam com ele no carro participaram do crime, fugiram.

Policiais militares do 17.º Batalhão chegaram rapidamente ao local e, após algumas buscas na região, detiveram um suspeito com as características de um dos assassinos. Ele foi levado para a delegacia para ser ouvido.

Suspeitas

De acordo com o superintendente da delegacia de Almirante Tamandaré, Geraldo Senn, Leandro Salvador, 28 anos, já tinha retirado a calça e tirava a camisa quando foi preso. As vestes estavam manchadas de sangue.

“No momento em que ele foi preso, alguns populares confirmaram que ele foi o autor dos disparos contra o Valdivino. Ele indicou o local onde estava a arma, um revólver calibre 38 com cinco estojos, mas negou participação no homicídio”, explica o superintendente.

Leandro está preso em flagrante apenas pelo porte ilegal de arma, até que as investigações sobre o assassinato sejam concluídas. Na manhã de ontem, ele fez um exame de parafina no Instituto de Criminalística e a arma foi encaminhada para perícia.