O servente Israel Alves de Farias, 20 anos, foi buscar a namorada no colégio, por volta das 22h30 de ontem, no bairro Afonso Pena, em São José dos Pinhais. Seria mais uma noite normal para o jovem, não fossem alguns indivíduos armados, que o surpreenderam no caminho de volta, na Rua Almirante Alexandrino, e o fuzilaram com cerca de 10 tiros, a maioria no rosto. A garota que o acompanhava nada sofreu, indicando que a intenção dos matadores era executar apenas o servente.

Conforme foi apurado pela delegacia local, Israel era usuário de drogas e pode ter sido morto por traficantes. “Ele já não morava mais com a família e vivia com amigos no Jardim Independência”, disse o chefe de investigação, Roberto de Miranda.

“Os parentes não quiseram falar muito sobre o jovem, mas já obtivemos algumas informações com testemunhas e levantamos pelo menos dois suspeitos, que seriam traficantes da região”, relatou o policial.