Leomar Carneiro da Silvao, 26 anos, foi executado com pelo menos 10 tiros de pistola .40, às 20h de sábado, na Rua Gustavo Kubitscheck, no Bairro Rio Verde, em Colombo.

O crime aconteceu quando ele tomava cerveja com alguns amigos e foi surpreendido pelo assassino. Segundo testemunhas ele estava em liberdade a 30 dias.

Segundo testemunhas, o atirador efetuou todos os disparos na cabeça de Leomar que morreu na hora.  O som alto, dentro do estabelecimento só foi reduzido quando os familiares chegaram no local, cerca de quarenta minutos depois do crime. Eles disseram para polícia que Leomar estava em liberdade a poucos dias.

“As testemunhas disseram que ele estava sentado com alguns amigos quando o homem chegou no local, foi até onde ele estava e efetuou os disparos. Apesar de muitas pessoas estarem no bar, não temos muitas informações sobre o assassino”, explicou o sargento Andrade, do 17.º Batalhão da Polícia Militar.