Se um carteiro bater no portão da sua casa, cuidado! Você pode estar frente a frente com um bandido. O golpe do carteiro foi aplicado na manhã de terça-feira no bairro Mercês, quando três homens conseguiram invadir uma residência para roubar dinheiro e jóias.

De acordo com o delegado Rubens Recalcatti, titular da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), um homem moreno claro, com cerca de 1,60 m, barba feita, com cabelo castanho escuro e curto, bateu em uma casa dizendo que tinha uma encomenda para entregar. Ele estava com o uniforme completo dos correios e convenceu a empregada a abrir o portão, porque precisava da assinatura no recibo de entrega. Assim que a moça fez o que ele pediu, outros dois homens se aproximaram e invadiram a residência.

Os marginais trancaram a empregada e outros dois funcionários no banheiro, arrombaram o cofre e levaram grande quantidade de jóias e dinheiro. O delegado não revelou a quantia roubada.

Um quarto criminoso, que estaria do lado de fora da residência, teria dado cobertura à fuga.

A polícia ainda não descobriu como os criminosos fugiram. ?Temos outros registros desse golpe, por isso a população precisa ficar atenta. Estamos investigando para saber se eles compraram o uniforme em algum lugar ou se assaltaram um funcionário dos correios, roubando seu uniforme?, disse o delegado.

As características dos marginais já foram apuradas e foram passadas para a confecção do retrato falado.

O segundo assaltante, que acompanhava o falso carteiro, tem pele clara, é alto, pesa cerca de 80 quilos e usava jaleco branco. O terceiro indivíduo é negro, também alto, e pesa cerca de 70 quilos. Este trajava um conjunto de moletom cinza, que depois trocou por outro de cor clara, dentro da casa. O delegado preferiu não divulgar o endereço da residência e também não comentou se havia ou não circuito interno de TV. ?Mantemos as informações em sigilo para não dar pistas aos bandidos de como andam as investigações?, disse o delegado.