Familiares de Marcos Casal Mendes, 19 anos, descobriram a morte dele lendo a Tribuna do Paraná. Ele foi encontrado na tarde de quarta-feira abaixo de um viaduto na Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, na Cidade Industrial de Curitiba, com ferimentos na cabeça.

“Marquinhos”, como era conhecido, não portava documentos quando foi recolhido pelo Instituto Médico Legal de Curitiba e será oficialmente identificado através de um pedido judicial, já que não possuía RG.

Ao ler a matéria no jornal, familiares da vítima procuraram a Delegacia de Homicídios, e informaram que Marcos era usuário de drogas. Por várias vezes, na adolescência, ele foi internado, mas em todas as tentativas tentou fugir ou entregou-se ao vício novamente logo após sair do tratamento para a dependência química.

Ainda de acordo com a família, Marcos vivia nas ruas. Passava em casa apenas para trocar de roupa e às vezes ficava sem contato com os familiares por mais de um mês. Ele perambulava pelas ruas da região.