Em poucas horas, policiais militares de Loanda, noroeste do Paraná, elucidaram o seqüestro de um fazendeiro, libertando a vítima e prendendo dois dos três criminosos. O homem foi seqüestrado na madrugada de domingo, quando saía de casa para trabalhar em sua plantação, e foi libertado à tarde, depois de conseguir informar sua localização à família, através do celular que escondia em seu bolso.

Segundo o tenente Gilberto Baronceli, comandante da 2.ª Companhia do 8.º Batalhão da PM, o fazendeiro foi seqüestrado por três homens na cidade de Santa Cruz do Monte Castelo, próximo a Loanda, por volta das 5h. ?Ele demorou para voltar e os parentes avisaram a polícia, que já iniciou as buscas?, disse o tenente. Entretanto, no meio da tarde de domingo, o fazendeiro conseguiu telefonar para sua família.

Com a localização do cativeiro, a polícia chegou ao local e foi recebida a tiros pelos seqüestradores. Dois deles foram baleados e o outro conseguiu escapar. ?Acertamos Elias Ortiz, 25 anos, e um adolescente, de 17, mas Marcos Vinicius Müller conseguiu fugir?, contou o policial. Ortiz e o adolescente foram levados para o hospital da cidade e, em seguida, para a delegacia de Loanda. A polícia agora está atrás de Müller. O fazendeiro foi libertado sem ferimentos.