Até o fim da noite, 72 mil
carros haviam retornado.

O feriadão terminou com um saldo assustador nas estradas paranaenses. Segundo dados das polícias rodoviárias Estadual (PRE) e Federal (PRF), dezenove pessoas perderam a vida nas estradas paranaenses de sexta-feira até zero hora de ontem. Foram 383 acidentes que deixaram 324 feridos.

Os dados da PRF apontam 118 acidentes, 84 feridos e seis óbitos. Os acidentes que ocorreram durante todo o dia de ontem não estão computados ainda. Segundo os dados da PRE, houve aumento no número de mortos no comparativo com o feriado de 7 de setembro de 2003, mesmo não estando computados os acidentes que ocorreram ontem. Foram 13 mortes este ano contra 11 do ano passado. O número de acidentes também subiu de 214 para 265. Os feridos passaram de 181 para 240. O número de atropelamentos diminui de cinco para quatro.

BR-277

Segundo a Ecovia – concessionária que administra o trecho da BR-277 entre Curitiba e o litoral do Estado -, até o início da noite de ontem, cerca de 72 mil dos 76 mil veículos que tinham descido a Serra do Mar já haviam retornado. A previsão era de que até 21h quase a totalidade já tivesse retornado. O movimento foi intenso durante todo o dia na BR-277. Entre 17h e 18h, o tráfego chegou ao pico de 2.525 veículos por hora. No sentido contrário, no mesmo período, passavam apenas 177 carros a cada hora.

O movimento da rodoferroviária de Curitiba também foi grande ontem. Entre sexta e sábado, saíram 1.549 ônibus da rodoferroviária, transportando 55.675 passageiros. A previsão era de que até hoje eles estejam todos de volta. Os principais destinos foram o interior do Paraná com 35%, o litoral do Paraná com 25%, Santa Catarina com 23% e São Paulo com 10%.