As seqüelas de uma agressão sofrida há um mês podem ter determinado a morte do servente de pedreiro José Batista Ferreira, 33 anos, na tarde de domingo. Segundo Dirceu Ferreira, o irmão dele foi encontrado caído e bastante machucado em uma rua do bairro Bom Jesus, em Campo Largo, onde residia. José teria reagido a uma tentativa de assalto e foi encaminhado ao hospital. Depois de ser medicado e apresentar quadro clínico estável, o servente foi liberado do hospital para voltar para casa. Na tarde de domingo, porém, ele voltou a sentir-se mal e retornou ao Hospital Nossa Senhora do Rocio, onde morreu.