Ao correr atrás de ladrões que haviam tentado levar seu carro, o fiscal da Urbs Diuliano Teixeira, 31 anos, foi morto pelos criminosos na noite de quarta-feira, na Rua Francisco Derosso, Xaxim.

Parentes do rapaz informaram à polícia, que ele estava em casa, na Rua Ulisses Gavazo, quando um primo que estava com seu carro, chegou. Assim que estacionou, o primo foi atacado por dois homens que pretendiam roubar o carro. Diuliano, que estava dentro da residência com o irmão, ouviu os gritos do rapaz e sau correndo para socorrê-lo. Os bandidos se assustaram e fugiram, desistindo do roubo.

Tiros

Mesmo assim, Diuliano e o primo resolveram perseguir os marginais, que logo embarcaram em um táxi. De repente os assaltantes saíram do táxi e atiraram contra o fiscal. Atingido no peito, ele foi levado ao hospital, onde morreu. Os bandidos continuaram a fuga a pé e se embrenharam no matagal. A polícia foi chamada, mas não os localizou.

Investigações

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios. Nas próximas horas serão chamadas testemunhas para confecção do retrato falado dos assaltantes. “O taxista e o primo da vítima viram a dupla?, afirmou o superintendente Neimir Cristóvão.

Ele disse que um dos criminosos foi descrito como moreno claro, forte, aproximadamente 1,70 de altura, cabelos castanhos claros e forte. O outro é magro.

O policial disse que ainda não foi apurado o que a vítima pretendia ao seguir os marginais.