Ao tentar entrar na Prisão Provisória de Curitiba, no Ahú, com dois celulares e duas pedras de crack, a doméstica Mirian Kalezário Moraes, 26 anos, foi presa em flagrante por um agente penitenciário, às 14h de sábado. Ela foi conduzida ao 3.º Distrito Policial (Mercês), e autuada por tráfico de drogas. Mirian e uma mulher aguardavam na fila para entrar no presídio e visitar seus maridos. Um agente percebeu que elas portavam um objeto estranho e na revista foram encontrados os celulares e a droga. Miriam assumiu ser a proprietária dos produtos. (VB)