Para aumentar a segurança dos veranistas que forem passar o Carnaval no litoral, policiais militares serão colocados em pontos estratégicos, munidos de binóculos. Eles estarão na praia e até mesmo em sacadas de prédios para observar a movimentação de quem estiver acompanhando o trio elétrico na avenida nos dias da Matimbanda (sábado) e Caiobanda (domingo). "Será mais uma entre as várias medidas que estamos adotando para que a festividade transcorra normalmente", disse o capitão César Kamakawa, responsável pelas ações da PM em Matinhos durante a temporada.

Kamakawa explicou que após reuniões realizadas com moradores e comerciantes, além de autoridades municipais, chegou-se à conclusão de que esta seria uma maneira eficiente de complementar as ações da Polícia Militar. "Olhando de cima, o policial tem como saber com mais facilidade em que pontos podem estar concentradas pessoas mal intencionadas", disse. Ele disse que, caso isso se confirme, os policiais têm como avisar, através dos radiocomunicadores, aos policiais que estarão na rua para que as providências sejam tomadas. "Esta agilidade será importante para que tumultos não sejam formados", completou.

Além do uso de binóculos, outra novidade adotada pela Polícia Militar neste Carnaval é a utilização de policiais militares a cavalo para o patrulhamento nas vias que dão acesso à Avenida Atlântica, que serão usadas para estacionamento por causa da interdição do trânsito de veículos na beira-mar.

Em Guaratuba, durante o desfile da Guaratubanda (amanhã), policiais militares estarão observando a movimentação dos foliões em plataformas elevadas com dois metros de altura. As plataformas serão colocadas nas esquinas das vias que cortam a Avenida 29 de abril, local da concentração de público.

Dicas

Estar protegido para passar o Carnaval com sossego e tranqüilidade é o que todo veranista quer. Além das ações preparadas pelas polícias Civil e Militar para reforçar a segurança dos veranistas e moradores do litoral paranaense durante o feriadão, alguns cuidados devem ser tomados pela própria população para reduzir as possibilidades de enfrentar transtornos. De acordo com o delegado Luis Carlos de Oliveira, coordenador-geral da Operação Verão pela Polícia Civil, os cuidados devem começar antes mesmo de sair de casa.

O primeiro cuidado de quem vai viajar durante o feriadão é o de suspender a entrega de revistas e jornais. O aspecto de abandono da casa deve ser evitado a qualquer custo. "Também é muito importante que as correspondências entregues durante o período em que a família estiver em viagem sejam recolhidas. Correspondência acumulada é um sinal de que a casa está vazia e, portanto, um aviso positivo para os ladrões. Por isso, vale pedir para que um vizinho dê uma olhada na casa durante a ausência da família", alertou.

Outras dicas são: andar sempre com seus documentos, mesmo ao ir para praia. Nas ruas, evite andar em áreas desertas, becos e vielas, principalmente à noite. Não saia com grande quantidade de dinheiro, jóias ou outros objetos de valor que chamem a atenção de ladrões. Prefira andar em grupo e nunca se distancie das pessoas. Na praia, evite levar objetos que possam chamar atenção, como celulares, máquinas fotográficas, câmeras filmadoras e jóias.