Investigadores da Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba prenderam na manhã desta sexta-feira (9), a foragida do sistema penitenciário, Patrícia Cristina Dalla Costa, de 27 anos. Patrícia é acusada de roubo e está foragida desde 27 de julho de 2009. A acusada foi presa em flagrante dentro da própria casa mo Jardim Alvorada em São José dos Pinhais. Foi apreendida em um cômodo ao lado da casa da foragida uma carga de 17,7 quilos de maconha e um par de placas automotivas com identificação JNV 7847 de São Paulo.

Carga de maconha apreendida e Patrícia Cristina Dalla Costa

De acordo com informações de Patrícia, a droga apreendida e as placas são de um homem identificado apenas como “João”, que ela afirma que pernoitou três vezes na casa dela. Investigadores da Furtos e Roubos suspeitam que “João” seja um nome falso utilizado por homem que foi posteriormente reconhecido como Wilson Marques Sousa, 35 anos, morto no dia 02 de julho de 2010 em confronto com a polícia no Jardim Social após assalto em uma chácara em Campina Grande do Sul.

A polícia investiga a possível participação de Patrícia no assalto em Campina Grande do Sul, região metropolitana de Curitiba. Neste mesmo episódio, morreu também, Hamilton da Luz Júnior de 29 anos e Wagner Marques Miranda de foi preso em flagrante. Na busca por identificação de Sousa, foi encontrada uma nota fiscal em nome de Patrícia e com o endereço dela.

“Como endereço e o mandado de prisão em mãos, conseguimos prender a mulher e recolher essa quantidade de drogas”, delcarou o delegado chefe da Delegacia de Furtos e Roubos, Silvan Rodney Pereira. A acusada foi encaminhada ao Centro de Triagem I em Piraquara, região metropolitana de Curitiba.