A Força Alfa – Companhia Independente de Polícia de Fronteira, da Polícia Militar do Paraná -, em operação conjunta com a Receita Federal e Polícia Federal, realizou neste sábado (15) a maior apreensão de veículos, utilizados em contrabando, no distrito de Oliveira Castro, próximo a Guaíra, região Oeste do estado.

No total foram dez automóveis e cinco caminhões, além de três adultos detidos e um menor recolhido. Três caminhões estavam carregados com mais de mil caixas de cigarros, eletrônicos (CDs e DVDs), perfumes e roupas. “A estimativa da Receita Federal aponta que a apreensão dos veículos e produtos soma aproximadamente R$ 1 milhão”, conta o tenente Luiz Fernando da Silva, subcomandante da Força Alfa.

O oficial reiterou que 14 dos veículos aprendidos possuem rádios comunicadores, a maioria deles escondida no painel, atrás do volante, e os automóveis pequenos não têm os bancos traseiros e nem do passageiro. “Esta é a maneira que encontram para carregar mais contrabando”, diz. A conferência e avaliação exata da carga serão realizadas durante esta semana, pela Receita federal.

Dólares

Os adultos detidos foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal de Guaíra, onde foram autuados em flagrante por contrabando. “Um dos adultos portava 8.921 dólares, além de um cheque de terceiro no valor de R$ 36 mil, que segundo ele, era para pagar uma dívida de cigarros. O menor foi encaminhado e, posteriormente, liberado”, revela o tenente Fernando.

Os caminhões apreendidos são: um Volkswagem 11.130, com placas do Paraná (com cerca de 200 caixas de cigarros, eletrônicos, perfumes); um Chevrolet C60, sem placas (encontrado vazio e de uso apenas às margens do Lago Itaipú); um bitrem P112, um cavalo e dois reboques e placas do Paraná (com cerca de 800 caixas de cigarro); um Scania com placas do Estado de Santa Catarina com um cavalo e um reboque (vazio) e um Chevrolet C60, com placas do Paraná (com roupas como luvas, blusas, cuecas, calças, etc ), o qual era conduzido pelo menor.

Já os automóveis apreendidos são quatro Vectras (um com placas do Distrito Federal, dois do Paraná e um de São Paulo); um Mercedes Classe A (Paraná); um Fox (Santa Catarina); 1 Santana (Paraná); um Astra (Paraná); um Pickup Corsa (Paraná) e um Fiat Strada – sem rádio (Mato Grosso). Este último veículo, de acordo com o tenente Fernando, estava carregado com cigarros.