A parceria entre as polícias Militar e Federal retirou 573 quilos de maconha de circulação na tarde de sábado (02). A força-tarefa resultou ainda na prisão de três homens.

A operação começou na madruga com os policiais aguardando a passagem dos suspeitos no pedágio da BR 376, em São José dos Pinhais e flagraram dois carros que faziam o transporte de 200 quilos de maconha, vindos de Santa Catarina.

A droga estava em um Fiat Uno. O ocupante do carro conseguiu fugir. Os dois homens que estavam no Fiat Strada, que atuava como batedor do carro que trazia a droga, foram presos. A maconha seria entregue em uma casa no bairro Boa Vista, em Curitiba, local denunciado como depósito de drogas.

Em outra ação, já pela manhã, foram apreendidos 373 quilos de maconha em um Astra que estava na garagem de uma casa no Jardim Paulista, em Campina Grande do Sul.

Quando os policiais se aproximavam da residência, dois homens que estavam em uma Duster fugiram. A dupla abandonou o carro na BR 116, próximo ao Contorno Leste.

Os dois foram perseguidos por policiais, mas com a ajuda do helicóptero da PM e de cães farejadores, um deles foi preso. Na casa, na revista feita ao Astra que estava na garagem foram encontrados 373 quilos de maconha.

“Pela quantidade de droga apreendida nas operações trata-se de uma estrutura de crime organizado tanto para pagamento, como distribuição. E pelas investigações há indicativo de mais envolvidos”, explica o delegado da Polícia Federal, Wagner Mesquita.

De acordo com o capitão Alexandre, comandante da PM na força-tarefa, as duas apreensões não têm ligação. “A origem de onde veio a droga pode até ser a mesma, mas são situações distintas, com destinos diferentes”, acrescenta o capitão.

Paraná Online no Google Plus

Paraná Online no Facebook