Duas mulheres e um homem foram presos com 71 quilos de cocaína e R$ 670 mil em dinheiro, no fim da noite de quarta-feira (09), em São José dos Pinhais, em mais uma ação da Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado das polícias Federal e Militar. A droga foi apreendida dentro de um Hyundai, conduzido por uma mulher, que entregaria a droga numa residência onde funcionava um laboratório de refino de cocaína.

“Recebemos a informação de que haveria uma transação de drogas em uma residência no bairro Borda do Campo, que também era usada como laboratório para produção do entorpecente”, explicou o capitão Alexandre Lopes Dias, da PM.

Flagrante

Os policiais fizeram campana na frente da casa, na Rua São Lucas. Por volta das 23h30, a motorista foi abordada e a cocaína encontrada no veículo, com placas de Maringá. “A suspeita nos informou que havia adquirido a droga em Cascavel e era responsável apenas pelo transporte”, contou o capitão.

Em buscas na residência, os policiais encontraram a “bolada” de dinheiro, uma balança de precisão, uma prensa para embalar entorpecentes, dois radiocomunicadores e substâncias para serem misturados ao pó.

Comprador

A motorista, a dona da casa e um homem foram presos. Segundo a PF, ele seria o comprador da cocaína e havia chegado pouco antes naquele endereço. Os nomes dos presos não foram divulgados pela polícia. “A proprietária do local relatou que era paga para deixar que a transação do entorpecente fosse feita ali”.

Além do Hyundai, os policiais apreenderam um Celta vermelho. Os três suspeitos e o material apreendido foram levados à Superintendência de Polícia Federal, no Santa Cândida.