Oséias e Jorge, autuados em flagrante.

Oseias Marcelino, 28 anos, e Jorge Fabiano Silveira, 26, foram apresentados ontem à imprensa, acusados de terem furtado aproximadamente 15 metros de fios de redes de telefonia instalados na Estrada da Graciosa, próximo do Condomínio Residencial Alphaville, no Atuba. Os cabos pertencem à empresa Brasil-Telecom. O material foi levado pelos ladrões para a retirada do cobre existente na fiação, que é vendido para ferros-velho. A prisão da dupla ocorreu na tarde de terça-feira.

O delegado de Pinhais, Gerson Machado, responsável pela autuação dos detidos, informou que a prática desse crime tem aumentado muito no município e por isso iniciará um trabalho para identificar os receptadores do material furtado, principalmente proprietários de ferros-velho. “Essa modalidade de crime traz muitos prejuízos às empresas e também à população, que fica sem a prestação de serviços como telefonia”, explicou o policial.

Para cortar os cabos, Oséias contou que utilizava uma espécie de serra. Ele já conta com antecedente criminal em 2002, em Guaratuba, por porte ilegal de arma. Os dois presos disseram que faziam o corte de cabos para revender e comprar comida com o dinheiro arrecadado.