Três homens foram presos suspeitos de fugir com um carrinho de compras de um supermercado no Alto da XV, e depois tentar fazer uma compra de R$ 1.800 em outro mercado no Água Verde. Eles foram autuados por furto e tentativa de estelionato.

A prisão foi às 3h30 no supermercado que fica na Avenida Getúlio Vargas. A equipe de seguranças da empresa desconfiou da grande quantidade de produtos que eles colocavam no carrinho, e a funcionária do caixa percebeu o quanto eles ficaram nervosos quando ela exigiu um documento de identidade para passar o cartão de crédito empresarial, em nome de outra pessoa, que eles apresentaram para efetuar o pagamento.

Policiais militares da 5ª Companhia do 12º Batalhão de Polícia Militar foram até o mercado e prenderam Maurício Machado, 28 anos, Rafael Jungles Coelho, 25, e Jessé de Paula Neves, 32. No carro que eles utilizavam, um Corsa Classic de propriedade do pai de Maurício, foram encontrados os produtos do outro mercado.

Em contato com a equipe de segurança do outro estabelecimento, os policiais descobriram que o trio foi filmado pelas câmeras de segurança deixando o estabelecimento com o carrinho cheio de compras, sem passar pelo caixa.

No momento da fuga, eles não foram vistos pelos seguranças de plantão. Eles levaram produtos variados, como bebidas caras, fraldas e cigarros. Todos os produtos foram devolvidos às duas empresas, e o proprietário do cartão será intimado para prestar depoimento.

Maurício já esteve preso por roubo, Rafael por furto e Jessé por tráfico. Eles relataram que receberam o cartão de um amigo para fazer compras, e que tinham a senha para utilizar o quanto quisessem. Eles garantem que não fugiram com os produtos do mercado do Alto da XV, mas não tinham nota fiscal para comprovar o pagamento.

Demora

Antes das 4h, a equipe da Polícia Militar tentou entregar os presos no Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (CIAC-Sul). Porém, como já havia duas equipes apresentando flagrantes, o delegado de plantão informou aos policiais que seria melhor que eles aguardassem a abertura da delegacia responsável pela área onde foi feita a prisão, o 2º Distrito Policial. O boletim de ocorrência foi encerrado por volta das 11h.