Doze fura-catracas foram presos na manhã desta quinta-feira (16), em uma operação da Polícia Militar na Vila Torres. A ação da polícia aconteceu em pontos estratégicos e não deu chance aos suspeitos de entrar nos ônibus e não pagar pela passagem.

Os policiais agiram motivados a mudar o descontentamento de continuar trabalhando que os motoristas e cobradores das linhas que fazem a rota de Curitiba a São José dos Pinhais, na região metropolitana, estavam tendo.

Segundo representantes de uma das empresas de transporte público, os fura-catracas além de não pagar pela passagem também ameaçam os trabalhadores e quem mais estiver dentro dos veículos.

As abordagens começaram depois que os policiais souberam que os “espertinhos” tinham embarcado nos ônibus. Como se fosse um bloqueio, os homens foram encontrados dentro dos ônibus.

Todos os 12 detidos foram encaminhados ao 2º Distrito Policial, no Rebouças. Eles assinaram um termo circunstanciado por uso de transporte público sem pagar pela passagem, e foram liberados. A maioria deles, segundo a polícia, é usuário de crack.