Três homens, acusados de roubar uma carga de cigarros avaliada em R$ 180 mil, foram presos em flagrante, na manhã de quarta-feira, por investigadores da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC). A polícia acredita que eles estejam envolvidos em outros crimes.

Jean Carlos Farias dos Santos, 20 anos, conduzia um Megane, roubado em 13 de novembro, na Borda do Campo, São José dos Pinhais. O veículo havia sido comprado quatro dias antes e ainda estava sem placas. Para praticar os roubos, a quadrilha colocou uma placa clonada.

Furgão

Jean foi detido logo após abordar o motorista de um furgão que carregava cigarros, no Uberaba. A vítima foi liberada, ilesa. No Megane, havia um equipamento que inibe o sinal do localizador de carga e evita rastreamento. “Só as quadrilhas especializadas possuem esse tipo de equipamento”, explicou o delegado Vinícius Borges Martins.

As investigações continuaram e, no Capão da Imbuia, Pedro Valdenei Maciel Júnior, 25, e Thiago Henrique dos Santos Fernandes, 24, foram presos no Santana Quantum de Pedro. O veículo estava com os bancos traseiros abaixados, pronto para receber a carga de cigarros. Outros integrantes da quadrilha conseguiram fugir num Montana.

Buscas

“Eles procuravam um lugar sem movimento para fazer o transbordo da carga e para abandonar a vítima”, disse o delegado. De acordo com ele, os presos são de Pinhais e Piraquara, e podem ter envolvimento em outros roubos na Grande Curitiba. Vítimas da quadrilha ou quem tiver informações sobre membros do grupo devem ligar para a DEDC, no telefone (41) 3261-6600.