Jhames Douglas Leal foi morto com oito tiros de pistola ponto 40 na madrugada desta segunda-feira (4), na Rua das Dálias, em Araucária, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Ele foi assassinado ao atender o chamado de uma mulher no portão de casa.

Segundo a Polícia Militar, o rapaz teria voltado de um culto a pouco tempo e se preparava para dormir quando uma mulher o chamou do lado de fora de casa. A pessoa teria dito a Jhames que eles precisavam conversar.

Quando o rapaz saiu para ver o que a mulher queria, foram disparados vários tiros. Logo depois, com o rapaz já caído no chão, um veículo branco saiu em alta velocidade do local.

De acordo com familiares, a voz que chamou por Jhames era da tia de uma ex-mulher. Os comentários eram de que ele estava separado há pouco tempo e a ex já estava até namorando outro homem, que seria ex-presidiário. O crime é investigado pela Delegacia de Araucária.