Adenilson Fatori da Costa, 33 anos, morreu baleado dentro de um terreno baldio da Rua Adari Fernando Vizinone, no Jardim Gabineto, CIC, por volta das 16h de ontem. Dois suspeitos foram vistos correndo do mato após os tiros.

De acordo com levantamentos do delegado Fábio Amaro, da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), Adenilson era viciado em drogas há alguns anos. Ontem, tomou um banho e disse aos familiares que ia até a represa do Passaúna. Logo depois veio a notícia da morte dele, dentro de um terreno que, apesar de cercado com arame farpado e identificado com placas de “propriedade particular”, é usado por viciados para consumo de drogas.

Logo depois dos tiros, testemunhas viram dois homens correrem de lá e entrarem num Gol prata geração III, com alguém os aguardando no banco do motorista. A polícia procurou por imagens de câmeras de segurança nas redondezas para ver se alguma pegou a fuga dos homicidas. Mas não encontraram nenhum imóvel com câmeras próximo ao local do crime.

Adenilson já tinha antecedentes por roubo e por violência doméstica (Lei Maria da Penha). No entanto, o delegado ainda analisa se a vítima foi morta por causa do vício ou pelo histórico criminal.

Paraná Online no Google Plus

Paraná Online no Facebook