Um homem provavelmente morto a pauladas e tiros teve o corpo carbonizado e foi encontrado na manhã de ontem em um carreiro que liga duas vilas de Almirante Tamandaré.

Moradores da região passaram pelo local pouco antes das 8h e avistaram o corpo, na Rua José Real Prado, e foram até a companhia da Polícia Militar, próximo à prefeitura da cidade, para avisar. Os policiais localizaram o cadáver no barro, 50 metros para dentro de um carreiro que corta um matagal para ligar o Jardim Campo Verde até uma escola no Jardim Rosana.

A vítima vestia chinelos azuis, calça preta, e provavelmente uma blusa azul e outra roxa, que foram derretidas pelo fogo. O rosto estava desfigurado, provavelmente a pauladas, e a vítima foi atingida por um disparo que atravessou a cabeça. Havia uma poça de sangue próximo ao quadril.

Apesar do pé delicado, cintura fina e vestes coloridas, de acordo com peritos do Instituto de Criminalística, o corpo era de um homem. Eles apreenderam uma garrafa onde provavelmente estava o combustível utilizado para molhar o corpo da vítima, e um cigarro, que pode ter sido jogado pelo assassino no cadáver para iniciar o fogo.

De acordo com o superintendente da delegacia local, Job de Freitas, testemunhas informaram que um grupo de homens invadiu uma casa nas proximidades procurando por um homem, que pode ser a vítima. As investigações estão avançadas.