Prestar serviços comunitários à escola Municipal Professora Clair do Rocio Santos, em Almirante Tamandaré, oito horas por semana, durante sete meses, é a pena que Bernardo Ernesto Nunes da Silva irá cumprir por ter envenenado um cão da raça daschund, chamado popularmente de ?lingüicinha?. O atentado contra o animal, de nome ?Pisco? e de propriedade de Maria Letícia e Marcelo Santos, ocorreu em 6 de agosto, em Almirante Tamandaré. O acusado foi flagrado pela dona do cão, no momento em que oferecia um pedaço de pão envenenado ao animal. Maria Letícia ainda conseguiu retirar o alimento da boca do cachorro e o levou ao veterinário, mas não conseguiu salvar-lhe a vida.

Orientados pela ONG S.O.S. Bicho, o casal denunciou Bernardo na Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, dando origem a um processo no juizado especial de Almirante Tamandaré, que culminou na condenação. Uma ação cível também está sendo movida contra Bernardo, que poderá ter que pagar indenização aos donos do cachorro.