O corpo de um homem, de aproximadamente 35 anos, foi encontrado na manhã de ontem, nas águas do Rio Atuba, ao lado da Rua Arno Feliciano de Castilho, no Bairro Alto, divisa com Pinhais. Acredita-se que ele tenha sido esganado e afogado na noite anterior.

A vítima apresentava diversos ferimentos na cabeça, no rosto, nas costas e nas mãos, que teriam sido causados por batidas nas pedras do rio, quando o corpo foi levado pela correnteza.

Moradores locais avistaram o cadáver por volta das 7h, dentro da água e preso nas pedras. Retirado do rio, constatou-se que o desconhecido foi vítima de assassinato.

“Provavelmente forçaram a cabeça dele dentro da água, até que o mataram afogado. Também há marcas de esganadura no pescoço”, informou o perito Silvestre, do Instituto de Criminalística.

Andarilho

Policiais militares que atenderam a ocorrência comentaram que já tinham visto o indivíduo perambulando pela região. Por esse motivo, a suspeita é de que o crime tenha sido praticado próximo de onde o corpo foi encontrado. O homem seria andarilho e não foi identificado pelos moradores locais.

Ele vestia calça preta, camiseta vermelha e blusa preta. Estava com barba e tinha uma cicatriz de cirurgia no peito. Media aproximadamente 1,65 metro. A Delegacia de Homicídios aguarda sua identificação para iniciar as investigações.