Portando apenas um cartão de crédito da Caixa Econômica Federal (CEF), um homem aparentando ter menos de 30 anos foi encontrado morto a tiros num campo de futebol na manhã de ontem, no Jardim Izaura, em São José dos Pinhais. A vítima segurava a lâmina de uma faca, provavelmente usada para tentar se defender do assassino.

A Polícia Militar foi acionada por volta de 8h30 para dar atendimento à ocorrência, mas os soldados Everson e Aguiar, da 1ª Companhia do 17º Batalhão da Polícia Militar, acreditam que o crime aconteceu por volta de 2h, quando vizinhos disseram ter escutado tiros no campo, localizado no final da Rua Felinto Camargo, próximo à Avenida Guatupê.

O cartão encontrado com o homem é de Anilto Paula S. Alves. Os policiais militares juntamente com policiais civis, da delegacia do município, levantaram os nomes dos pais de Anilto e conseguiram entrar em contato com a mãe dele. A descrição física do filho repassada por ela era parecida com o rapaz que estava morto no campo. Por telefone, a mulher disse que Anilto tinha 27 anos, morava com a esposa no Bairro Alto, em Curitiba.

Cena do crime

O rapaz era magro, moreno clara; tinha aproximadamente 1.70 m de altura e vestia uma camiseta azul, calça jeans com cinto bege, tênis marrons e blusa de moletom verde, que estava sobre seu braço direito, ocultando a lâmina de uma faca segurada por ele. O cabo da faca estava próximo do corpo.

As peritas Ana Maria e Gilda, do Instituto de Criminalística, constataram vários ferimentos no peito da vítima, provavelmente de calibre 12, sendo três perfurações maiores.

Um morador da região conta que o campo de futebol é freqüentado por usuários de drogas. “Eles costumam usar pedra aqui. De madrugada a gente sempre escuta tiros”, contou.

A autoria e motivação do crime serão investigados pela delegacia de São José dos Pinhais.