Suspeito de integrar uma quadrilha que atua no desvio e receptação de cargas foi preso na manhã desta segunda-feira (16) por policiais da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC). Leandro Antonio Klichovski, 29 anos, estava em um barracão na Vila Iná, em São José dos Pinhais. Lá foram encontradas cargas de sardinha enlatada, cobre, trigo, equipamentos eletrônicos, entre outros.

De acordo com o delegado Wallace de Oliveira Brito, o local funcionava como uma distribuidora de bebidas, mas na verdade atuava em atividade criminosa. “Possivelmente tentavam camuflar o que faziam no local”, explicou.

A estimativa da Polícia Civil é de que as cargas apreendidas tenham valor de cerca de R$ 1 milhão. “Todas estas cargas são provavelmente provenientes de roubos, principalmente mediante uso de arma de fogo”.

“No local funcionava uma distribuidora de bebidas, possivelmente para camuflar as atividades delituosas”, explicou o delegado Wallace de Oliveira Brito. (Foto: Colaboração/Polícia Civil)

Leandro contou que era gerente da empresa e não sabia das atividades criminosas que eram feitas por lá. “Nunca na minha vida eu imaginei que algo assim acontecia. Nunca fiz nada errado. Espero que alguém me ajude”, lamentou. O rapaz contou que o proprietário da distribuidora mora em Guaratuba, no litoral do Paraná.

O jovem preso foi autuado por associação criminosa e receptação qualificada. “Além disso, esperamos que, com a prisão dele, as investigações apontem os responsáveis pela quadrilha, já que ele diz que não era o dono da distribuidora”, explica o delegado. 

Ainda segundo Wallace de Oliveira, as investigações continuam principalmente porque há fortes suspeitas de que a quadrilha a qual Leandro pertence tem ramificações em outras cidades do Paraná e também no estado vizinho de Santa Catarina.

(Foto: Aliocha Maurício)