Quando ajudava sua mulher no Bar e Mercearia do Baixinho, o operador de máquinas Valdecir de Lima, 42 anos, foi executado com quatro tiros, às 20h15 de ontem, na Rua E, Jardim Bonfim, em Almirante Tamandaré.

Valdecir havia acabado de chegar do trabalho e foi para o bar ajudar a esposa, dona do estabelecimento. Ele estava na cozinha fritando carne e ela no balcão, quando um rapaz chegou e pediu um refrigerante.

A mulher pegava a bebida, quando o jovem perguntou: “Quanto é o tubão?”. Ela pediu que ele esperasse e perguntou para o marido, que saiu da cozinha e avisou que poderia fazer o tubão (refrigerante com cachaça), pelo valor de R$ 5,50.

Tiros

Assim que Valdecir chegou ao balcão para preparar a bebida, o rapaz sacou a arma e disparou quatro vezes, acertando a cabeça, o peito e o pescoço da vítima. Em seguida, saiu correndo sem levar nada. O Siate foi acionado, mas ao chegar no local a vítima já estava sem vida.

Ainda muito abalada por presenciar a execução do marido, a mulher disse que não saberia descrever o assassino. Ela contou que o marido costumava sair cedo para trabalhar e só chegava no fim da tarde. Depois, a ajudava no atendimento do bar. O caso deverá ser investigado pela delegacia de Almirante Tamandaré.