Dois quilos e meio de cocaína, com alto de teor de pureza, foram apreendidos com um homem, de 35 anos, que tentava embarcar em um ônibus na Rodoferroviária de Curitiba, rumo à Belo Horizonte, na noite deste domingo (23). Policiais da força-tarefa das polícias Federal e Militar que faziam trabalho de rotina no terminal de transporte observaram que o homem estava agindo de maneira suspeita. Quando pediram para dar uma olhada na bagagem dele, ficou mais apreensivo ainda.

Dentro da mochila foi encontrada uma bolsa menor onde estavam escondidos dois sacos com a droga. Segundo a polícia, este tipo de cocaína é conhecido como “escama de peixe”. “Cada quilo de droga nesta qualidade pode custar até R$ 25 mil. Mas os traficantes costumam dissolvê-la para ganhar mais”, explicou o Capitão Alexandre da PM. O detido e a droga foram encaminhados para a Superintendência da PF, no Santa Cândida.

Esta foi a segunda apreensão de cocaína feita pela força-tarefa durante o fim de semana. No sábado, 15 kg da droga, com emblemas de “made in Cochabamba”, foram apreendidos em Paranaguá.