Os documentos encontrados, segunda-feira, junto ao corpo de um desconhecido, morto no Rio Belém, embaixo do Viaduto do Capanema, foram devolvidos a sua dona. A farmacêutica contou que, na última quinta-feira, teve sua carteira furtada dentro de um ônibus da linha Santa Cândida – Capão Raso. Segundo relatou, antes mesmo que ela conseguisse cancelar todos os cartões e registrar o boletim de ocorrência, o ladrão conseguiu fazer alguns saques e compras com o cartão de crédito.

O corpo permanecia sem identificação no Instituto Médico-Legal até a noite de ontem. Ele foi morto por agressão física. A Delegacia de Homicídios investiga a morte do ladrão.