Uma corrente de prata foi o preço para Valmir de Souza Garret, 26 anos, conhecido como “Feinho”, matar Jonatan Carlos Swiech, 18 anos, em 28 de agosto, em Borda do Campo, São José dos Pinhais.

Segundo o superintendente Clóvis Pinheiro, “Feinho” estava foragido da Colônia Penal Agroindustrial e foi levado para a delegacia, onde confessou ter participado do crime. “O mandante disse que se ele levasse a orelha do rapaz, como prova do crime, ganharia uma corrente de prata”, contou Clovis.