Foi preso, na noite da última sexta-feira (26), na cidade de Rio do Sul-SC, Ezequiel Nunes, 27 anos, suspeito de ser o autor dos disparos que atingiram a professora Edivania Capellett, 31 anos, dentro de uma sala de aula do Colégio Unisep, em Dois Vizinhos, no dia 11 de setembro de 2012.

Após os disparos o suspeito fugiu em um Corsa Sedam e não foi mais localizado na cidade. Imediatamente tiveram início as investigações que envolveram a Polícia Civil de Dois Vizinhos e o Núcleo de Inteligência da 19.ª Subdivisão Policial de Francisco Beltrão, onde somados todos os esforços foi possível chegar à localização e prisão de Ezequiel.

Segundo o que foi apurado durante as investigações, Ezequiel ficou alguns dias escondido em um assentamento de sem terras na cidade de Jardim Alegre, onde reside seu primo, aproveitando para trocar o Corsa por um Uno.

No dia 4 de outubro, Ezequiel chegou à cidade de Rio do Sul, e hospedou-se em um hotel utilizando o nome falso de Odair Ribeiro Nunes, e passou a trabalhar como motorista particular.

À noite quando chegou ao hotel, Ezequiel foi surpreendido pelos investigadores e delegado que já haviam localizado o hotel e o aguardavam para realizar a prisão. Na abordagem Ezequiel se identificou como Odair, mas não chegou a apresentar documentos, e negou ser ele o autor dos disparos, mas não explicou os motivos pelos quais fugiu da cidade dos fatos. Ezequiel foi transferido ainda na noite de sexta-feira para Francisco Beltrão, chegando no início da manhã de sábado, onde se encontra recolhido no SECAT.