Luiz Alberto Pereira dos Santos foi preso segunda-feira (17), em sua residência, por policiais civis de Castro, nos Campos Gerais, acusado de matar e furtar um carneiro de uma propriedade rural na região.

Há duas semanas, um produtor rural compareceu na Delegacia de Castro informando o ocorrido. No local onde o animal foi abatido, o denunciante encontrou uma flecha com sangue, utilizada para matar o bicho.

Os policiais civis começaram as investigações para identificar o autor do crime e Pereira, que ficou conhecido como “Robin Wood”, foi identificado e localizado. Na residência do homem, foram apreendidas diversas flechas, uma besta, além de sete pedras de crack.

Inicialmente, o homem negou a prática do crime, depois acabou por confessar. Ele disse que matou o animal e o vendeu por R$ 10. Pereira recebeu voz de prisão e foi conduzido para a delegacia. O homem responderá por maus-tratos contra animal e furto. Se condenado, ele poderá pegar até seis anos de prisão.